Metodologia Agile: como ela pode contribuir com projetos dinâmicos

Você tem uma ideia do quanto a perspectiva inaugurada pela metodologia Agile pode ajudar os gerentes a lidarem com projetos cada vez mais dinâmicos? Então chegou a hora de saber mais sobre ela!

Quem trabalha com gerenciamento de projetos sabe o quanto pode ser difícil melhorar os níveis de produtividade e preparar as equipes para lidar com mudanças ao longo do caminho.

Foi pensando em resolver esses tipos de problemas que um grupo de desenvolvedores de software criaram essa inovadora metodologia de gerenciamento de projetos.

Continue lendo para saber como ela funciona!

O que é a metodologia Agile e quais são suas origens?

Para entender do que se trata a metodologia Agile, é importante olharmos para trás. Quando as primeiras técnicas de gestão foram criadas, a realidade era bem diferente da de hoje.

Ainda não vivíamos em um mundo tão dinâmico e conectado, onde as mudanças acontecem de forma cada vez mais acelerada. Por isso, as metodologias tradicionais de gerenciamento de projetos conseguiam dar conta do recado.

Mas, no tempo em que vivemos agora, elas não acompanham o ritmo dos negócios. Consequentemente, precisaram ser não apenas revistas, mas também reinventadas.

Manifesto Agile

Em 2001, com o objetivo de propor uma alternativa para as dificuldades enfrentadas na área de desenvolvimento de software, um grupo de profissionais se juntou para pensar em novos métodos.

O Manifesto Agile nada mais é do que o resultado desse trabalho em conjunto. Desde estão, o documento está disponível online para quem quiser consultá-lo.

Conseguir atender às demandas dos clientes de forma flexível e com alto nível de produtividade era um dos maiores problemas enfrentados pelos profissionais. Por isso, eles propuseram uma abordagem mais iterativa.

Enquanto os métodos tradicionais se baseiam na documentação de todo o processo no planejamento, a metodologia Agile propõe etapas curtas de planejamento e desenvolvimento.

Aproveite para conhecer o Adaptative Project Framework (APF), outra eficiente metodologia de gerenciamento de projetos que foge à rigidez dos métodos mais tradicionais.

É muito mais do que uma simples metodologia de gerenciamento de projetos

Uma metodologia geralmente é baseada em processos, técnicas e regras específicas para chegar ao resultado desejado. No entanto, esse não é o caso da metodologia Agile.

Embora seja chamada de metodologia, é mais interessante enxergá-la como uma abordagem ou uma perspectiva diferente em relação aos projetos. Isso porque ela não estabelece processos específicos para serem aplicados pelos gestores.

Mas, os seus pilares e princípios ajudam você a escolher uma metodologia alinhada ao que o manifesto propõe. No próximo tópico é possível entender melhor o que estamos querendo dizer com isso.

Conheça as principais metodologias de gerenciamento de projetos e descubra qual delas atende melhor às suas necessidades!

Veja quais são os valores e os princípios da metodologia Agile

O manifesto Agile reúne valores e princípios que ajudam a guiar as ações e a escolha dos métodos para trazer agilidade para os projetos e melhorar os resultados.

Os 4 valores do Manifesto Agile

1. As interações entre as pessoas estão acima dos processos

Ainda que os processos sejam importantes, as interações devem ser a prioridade. Caso algum processo ou ferramenta usada no projeto seja um obstáculo para a troca entre as pessoas, significa que ele precisa ser questionado.

2. O funcionamento do produto vale mais do que uma documentação abrangente

Muitas vezes, as equipes perdem tempo demais documentando e elaborando especificações sobre um produto que não funciona bem. Em vez disso, deveriam investir esforços para assegurar a funcionalidade dele.

3. A rotina de trabalho deve ser pautada pela cocriação com o cliente

Negociar contratos não é a prioridade, mas sim a colaboração contínua com o cliente. Isso porque quando ele participa das etapas de desenvolvimento do projeto, as chances de ele se frustrar são bem menores. Portanto, é importante fazer quantas reuniões de alinhamento forem necessárias.

4. Saber lidar com as mudanças é mais importante do que seguir um plano

As equipes precisam ser capazes de encarar as mudanças que surgirem ao longo do caminho. Afinal, imprevistos sempre podem aparecer, o que demanda correções e adaptações do plano do projeto. Mais do que serem orientados pelo planejamento inicial, os times devem garantir que o produto atenda às expectativas.

Os 12 princípios do Manifesto Agile

1. Satisfação do cliente e valor agregado

Enquanto as equipes tradicionais têm o objetivo de entregar um produto final, as equipes ágeis priorizam a satisfação do cliente por meio da entrega contínua de um produto com valor agregado.

2. Abertura a mudanças

As mudanças devem ser bem aceitas, não importa em qual etapa do projeto. Além disso, elas devem ser aproveitadas para trazer mais vantagem competitiva para o cliente.

3. Prazos curtos

Dar preferência aos prazos mais curtos, entregando produtos frequentemente funcionando, desde poucas semanas a poucos meses.

4. Trabalho em equipe

Diariamente, todos os envolvidos devem trabalhar em conjunto, de forma colaborativa, durante todas as etapas do projeto para trazer mais agilidade e eficiência.

5. Motivação e confiança

É importante que as equipes estejam motivadas. Por isso, os gerentes devem confiar nos colaboradores, além de oferecer um ambiente de trabalho e o suporte necessário para que eles se sintam motivados.

6. Comunicação direta

Para a metodologia Agile, a forma mais eficiente de compartilhar informações entre os envolvidos no projeto é por meio de conversas face a face, em detrimento da comunicação por e-mail, por exemplo.

7. Funcionalidade

Ter um produto ou serviço funcionando é o principal aspecto que mensura o progresso do projeto.

8. Sustentabilidade

Mais do que garantir a agilidade dos processos, a metodologia Agile busca o desenvolvimento sustentável. Isso significa que todas as partes envolvidas devem manter um ritmo constante.

9. Excelência

Para aumentar a agilidade, as equipes devem estar continuamente atentas à excelência técnica e ao bom design.

10. Simplicidade

A simplicidade é fundamental e pode ser traduzida pela arte de maximizar a quantidade de trabalho não realizado.

11. Autonomia

Os projetos cujos resultados são os melhores costumam ser feitos por equipes autônomas, ou seja, que sabem se auto-organizar.

12. Autoavaliação

Com uma frequência definida, a equipe deve se juntar para refletir como ela pode se tornar mais eficaz. Dessa maneira, ajustar os comportamentos necessários.

Então, acha que os valores e princípios da metodologia Agile podem ajudar você a gerenciar os seus projetos?

Como você viu, essa abordagem traz a flexibilidade e a produtividade que projetos dinâmicos precisam para atingir a excelência.

O que acha de contar com a ajuda das melhores ferramentas para gerenciar diversos projetos ao mesmo tempo? Clique aqui e veja como controlar e acompanhar todos os seus projetos de consultoria!

Planilha de Gerenciamento de Projetos em Excel

Ferramentas Para Consultores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Baixe Grátis: Ebook 10 Maneiras para Obter Mais Clientes de Consultoria



      RECEBA NOVIDADES NO SEU EMAIL

      Fique por dentro do melhor conteúdo escrito por consultores para consultores, focado em dicas práticas para te ajudar. Cadastre-se abaixo: