Aprenda a gerenciar a energia em vez do tempo

gerenciar a energia

Mesmo gerenciando o tempo, é muito comum termos a sensação de que o dia não tem horas suficientes para fazer tudo o que precisamos. E se, em vez disso, a gente passasse a gerenciar a energia?

Essa é uma perspectiva apresentada por Tony Schwartz e Jim Loehr, autores do livro “The Power of Full Engagement: Managing Energy, Not Time, Is the Key to High Performance and Personal Renewal”. 

Eles mostram que gerenciar a energia é o segredo para o alto desempenho. E o que ajuda a evitar o trabalho em excesso, que pode nos levar a atingir o limite da exaustão mental.

Segundo uma pesquisa da Universidade de São Paulo (USP), um em cada cinco brasileiros sofre de burnout, classificado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como um “estresse crônico de trabalho que não foi administrado com sucesso”.

A gente vê o estresse se tornar cada vez maior conforme respondemos ao aumento das demandas com mais horas de trabalho. Com isso, o cansaço físico, mental e emocional também se intensificam.

Um caminho para lidar com esse problema é o gerenciamento da energia, que vou explicar melhor a seguir!

Conheça as 4 dimensões da energia e como aproveitá-las ao máximo

Para aprender a gerenciar a energia, você precisa conhecer quais são as principais fontes de energia descritas por Schwartz e Loehr: o corpo, as emoções, a mente e o espírito.

Em cada uma delas, a energia pode ser sistematicamente expandida e regularmente renovada a partir de rituais específicos, que nada mais são do que comportamentos intencionalmente adotados.

Com isso, o objetivo é torná-los inconscientes e automáticos o mais rápido possível.

Mas, antes de tudo, tenha em mente que não adianta ter muita energia se ela for usada só para fazer tarefas operacionais repetitivas, que às vezes nem são necessárias.

A ideia é direcionar sua energia para fazer atividades importantes, estratégicas e que te levem adiante!

1. O corpo: energia física

Definida em quantidade, a energia física depende de uma boa nutrição, sono de qualidade, prática regular de exercícios e descanso suficiente para manter seus níveis altos.

Além de ter mais disposição, gastar e recuperar a energia física ajuda a gerenciar as emoções e a ter mais foco.

Mas, diante da correria do dia a dia, como adotar comportamentos saudáveis?

Primeiro, você deve identificar os rituais necessários para renovar sua energia física diariamente, como dormir mais cedo, se alimentar várias vezes ao dia e praticar exercícios.

São comportamentos simples mas superimportantes para renovar seu estoque de energia.

Deixar a mesa de trabalho e fazer pequenos intervalos também é fundamental. Isso porque o nosso corpo segue o chamado “ritmo ultradiano”: em ciclos de 90 a 120 minutos, o nosso corpo passa de um estado de alta energia para um estado de recuperação.

Esses estados estão associados aos picos de maior e menor produtividade.

Quando a energia cai, o corpo emite sinais, como fome, bocejos, dificuldade de concentração, inquietação física. Em vez de dar atenção aos sinais, a gente tende a ignorá-los e a reserva de energia vai acabando com o passar do dia.

Os intervalos servem, portanto, para recarregar as baterias.

E o que mais importa é a qualidade e não a duração deles. Alguns minutos podem ser suficientes, desde que você realmente se desconecte do trabalho.

A técnica Pomodoro costuma ajudar bastante. Ela se baseia em ciclos de 25 minutos, em que você se concentra para fazer o que precisa, intercalados por intervalos curtos de 5 minutos.

Depois de completar 4 ciclos, você faz um intervalo mais longo, de cerca de 30 minutos, para descansar ou fazer tarefas pessoais.

2. As emoções: qualidade da energia

Quando você está no controle das suas emoções, a qualidade da sua energia tende a ser melhor, independentemente das pressões externas.

Em primeiro lugar, é preciso estar mais atento a como você se sente durante o dia e o impacto que as emoções têm na sua produtividade.

A maioria das pessoas tem uma melhor performance quando estão sentindo emoções positivas.

Só que, infelizmente, sem a recuperação intermitente, nós não temos capacidade fisiológica para sustentar emoções positivas por longos períodos. Conforme as demandas e os desafios aparecem ao longo do dia, somos fisgados pelas emoções negativas.

Ou seja, ficamos mais irritados, impacientes, ansiosos e inseguros. Além de não conseguir pensar com clareza, essas emoções drenam a nossa energia.

Uma maneira de espantá-las é fazer respirações abdominais profundas, em que o ar preenche os pulmões e a barriga se expande na inspiração, e depois são totalmente esvaziados na expiração.

Outro ritual que ajuda a melhorar a qualidade da energia é aprender a contar as histórias da sua vida a partir de outra perspectiva. Em vez de se colocar no papel de vítima, culpando pessoas ou circunstâncias pelos seus problemas, preste atenção na diferença entre os fatos e a forma que você os interpreta.

A ideia não é negar ou minimizar o que realmente aconteceu, mas contar sua história de uma maneira mais empoderada e esperançosa.

3. A mente: foco da energia

Ser multitarefa não deveria ser uma habilidade vista com bons olhos, pois ela na verdade acaba com a produtividade. Isso porque a mudança de foco de atenção de uma tarefa para outra só aumenta o tempo necessário para terminar uma delas. 

Sendo assim, é melhor se focar em uma única tarefa por um período de 90 a 120 minutos, fazer um intervalo e depois voltar sua atenção para a próxima atividade.

Do contrário, a dificuldade de concentração aumenta.

Há ainda as inúmeras interrupções que a tecnologia traz para os nossos dias. Ligações, novos e-mails, notificações de celular e uma série de pequenos eventos fazem as pessoas perderem o foco do que estão fazendo.

Por isso, uma forma de gerenciar a energia é criar rituais que reduzam essas interrupções. Mas, primeiro, perceba o impacto que as distrações diárias têm na sua capacidade de concentração.

Então, adote comportamentos que ajudem a eliminá-las, como checar sua caixa de e-mail e responder mensagens em momentos específicos do dia, mudar de ambiente quando tiver que escrever um relatório ou deixar o celular de lado durante uma reunião.

Preparar a mente para o dia seguinte também funciona. Pense sobre qual será seu maior desafio amanhã e priorize as tarefas mais complexas ou voltadas ao longo prazo.

Assim, em vez de perder horas lendo seus e-mails sem saber o que resolver primeiro, você começa seu dia de trabalho sabendo o que é prioridade, colocando todo seu foco no lugar certo.

4. O espírito: energia de significado e propósito

Esta é a dimensão da energia ligada à força. E geralmente as pessoas só começam a enxergar a importância dela depois de perceber o valor que os rituais geraram para as outras dimensões.

A energia do espírito humano só pode ser aproveitada quando as atividades do dia estão ligadas ao que você valoriza. Ou seja, quando seu trabalho realmente importa.

É por isso que a gente precisa reconhecer que significado e propósito são fontes de energia capazes de produzir emoções positivas, dar mais disposição e melhorar o foco.

Afinal, as necessidades humanas mais profundas, relacionadas ao nosso papel no mundo, influenciam tanto a satisfação com a vida quanto a performance de cada um.

Basicamente, é sobre se perguntar: eu quero ser lembrado pelo o quê?

Quando você entende quais são as suas prioridades de vida, essa energia pode ser acessada. Com isso, você cria rituais que acompanhem essas prioridades em 3 categorias:

  • fazer o que você faz de melhor e curtir o trabalho;
  • alocar tempo e energia de forma consciente em áreas da sua vida que considere mais importantes (como trabalho, família, amigos, saúde, etc);
  • e aplicar seus maiores valores em seus comportamentos diários.

Conhecer essas dimensões e adotar rituais que ajudam a gerenciar a energia e a renová-la pode ser transformador. Você deixa de correr contra o tempo para administrar o que está no seu controle.

Dessa forma, consegue fazer seus dias se tornarem mais produtivos sem deixar o cuidado consigo mesmo de lado.

Ainda não sabe qual é o seu propósito? Conheça a Filosofia Ikigai e descubra como ela pode te ajudar a encontrá-lo!

The best part of fitfiu hsm-mt14 metribolone luisentrenadorpersonal.com – 48 pages similar to luisentrenadorpersonal

Ferramentas Para Consultores

A partir de: R$79,90 / mês
Avaliação 0 de 5
R$200,00

Planilhas para Consultores

Planilha de Gerenciamento de Projetos

Avaliação 0 de 5
R$250,00
R$200,00
Avaliação 0 de 5
R$120,00
-38%

Pacotes de Ferramentas

Pacote Completo para Consultores

Avaliação 0 de 5
R$700,00
Avaliação 0 de 5
R$150,00
R$200,00
R$0,00
R$0,00
R$0,00

2 thoughts on “Aprenda a gerenciar a energia em vez do tempo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


Selo de Qualidade Academia do Consultor

Consiga mais clientes e evolua como consultor. Tenha acesso à:

> Selo de Qualidade
> Divulgação de membros
> Cursos de formação
> Planilhas e apresentações
> Fórum para tirar dúvidas
> Lives mensais

Teste por 7 dias. Cancele com reembolso total

SABER MAIS

    RECEBA NOVIDADES NO SEU EMAIL

    Fique por dentro do melhor conteúdo escrito por consultores para consultores, focado em dicas práticas para te ajudar. Cadastre-se abaixo: