Scrum: como essa metodologia pode contribuir com os seus projetos

scrum

O Scrum é uma metodologia ágil capaz de trazer mais eficiência para projetos de vários tipos, sobretudo aqueles mais complexos.

Isso porque ela tem o propósito de entregar produtos de forma mais rápida e, ao mesmo tempo, facilitar a adaptação às mudanças ao longo do caminho.

Além disso, essa metodologia de gerenciamento de projetos também proporciona ganhos significativos em qualidade.

Quer entender como o Scrum funciona para aplicá-lo em seus projetos? Continue lendo!

O que é o Scrum?

O Scrum é um método criado por Ken Schwaber e Jeff Sutherland e usado por eles em projetos de desenvolvimento de sistemas. Mas, por oferecer uma forma simples de lidar com projetos complexos, começou a ser usado em diversas áreas.

Ele se baseia em pequenos ciclos de atividades, planejados previamente e com um tempo de duração predefinido. A partir de prazos estipulados, geralmente de 2 a 4 semanas, é possível otimizar o trabalho da equipe e garantir a qualidade das entregas.

Por meio de um conjunto de boas práticas, o Scrum contribui com o sucesso sobretudo de projetos em que a equipe não conhece todas as necessidades.

Isso porque ele foca nos membros da equipe, simplificando os processos e, ao mesmo tempo, mantendo registros sobre todas as etapas. Assim, todos os envolvidos conseguem acompanhar o andamento do projeto, além de entender o que já foi feito e o que está pendente.

Outra vantagem do Scrum é que ele permite que os problemas, erros e falhas sejam corrigidos ao longo do processo de produção. Dessa forma, poupa esforços desnecessários e evita o desperdício de recursos.

Além disso, essa metodologia de gerenciamento de projetos traz a flexibilidade que as equipes precisam para se adaptar às constantes mudanças que surgem pelo caminho.

Qual é a relação do Scrum com as metodologias ágeis?

Muita gente se lembra dos métodos ágeis quando ouve falar do Scrum. E não é à toa, já que o Scrum é considerado um tipo de metodologia ágil.

Isso porque ele não apenas traz mais agilidade como também oferece uma abordagem mais humana para a solução de problemas.

Ainda, o desenvolvimento ágil acontece de forma colaborativa, por meio do trabalho de equipes multidisciplinares. E cada equipe tem autonomia para realizar suas tarefas. Ou seja, é o oposto dos processos de gestão tradicional.

Em vez de esperar que os erros sejam notados somente ao final do projeto, as metodologias ágeis os identificam durante a sua realização. Com isso, evitam que as tarefas sejam repetidas para não comprometer a eficiência da equipe.

Como aplicar a metodologia Scrum em seus projetos?

Depois de falar sobre a teoria, é hora de partir para a prática. Vamos apresentar, logo abaixo, as práticas fundamentais para adoção do Scrum.

Você vai se deparar com termos em inglês que talvez não conheça ainda. Mas não se preocupe, pois explicaremos o que eles significam. Confira:

1. Crie uma equipe multidisciplinar

Nesta primeira etapa, você deve montar uma equipe multidisciplinar. Ou seja, formada por profissionais capazes de atuar em todas as etapas do projeto.

Outro ponto importante aqui é definir os papéis:

  • do Product Owner: quem representa o cliente e fica responsável por orientar o time em relação aos passos que devem ser dados;
  • do Scrum Master: o profissional que entende sobre Scrum, dissemina boas práticas, compartilha as dificuldades e toma medidas para contorná-las;
  • e dos demais colaboradores: todos devem ter autonomia para definir atividades e realizá-las com transparência.

2. Faça o Product Backlog

Então, é preciso planejar o Product Backlog, também chamado de Sprint Backlog, que serve para organizar as tarefas do ciclo (Sprint). Além de definir as características do produto, esta etapa serve para criar uma ordem de prioridade das tarefas.

Embora se trate de um plano, vale dizer que ele pode ser alterado conforme novas necessidades surgirem. E quem fica responsável por fazer as alterações é o Product Owner.

3. Planeje os Sprints

Agora é hora de fazer uma reunião para planejar os Sprints, que são os ciclos rápidos de trabalho. Esse encontro serve para definir as tarefas, duração, responsáveis e métodos.

Portanto, estamos falando de uma etapa fundamental para a realização do projeto.

E esse plano deve ser continuamente avaliado, revisado e ajustado quando for preciso nas reuniões diárias, chamadas de Daily Scrum.

4. Conte com recursos visuais

Não hesite em usar uma comunicação visual para deixar claro para todos os envolvidos como está o andamento do projeto e o status de cada atividade.

Uma das sugestões é replicar o modelo do Kanban, outra metodologia ágil que conta com post-its para classificar as atividades em: o que precisa ser feito, o que está sendo feito e o que já foi concluído.

Outro recurso valioso é o Sprint Burndown, um gráfico formado por uma linha horizontal (aponta o tempo) e outra vertical (mostra a quantidade de trabalho que ainda precisa ser feito).

5. Aposte em reuniões diárias

scrum

Outra prática fundamental são as Daily Scrum, reuniões diárias para avaliar o que deu certo e o que deu errado no dia anterior. A partir disso, a equipe consegue planejar melhor o dia de trabalho.

A ideia é que esses encontros sejam rápidos, com duração de até 15 minutos e feitos de pé.

É uma prática que ajuda a deixar todos os colaboradores na mesma página e garantir que os prazos sejam cumpridos.

6. Garanta transparência em todas as etapas

A transparência é uma característica essencial no Scrum. Portanto, todos devem ter total clareza sobre os processos, exigências, status das tarefas, entre outros.

E não pense que o objetivo é fazer com que os membros da equipe prestem contas sobre o que fizeram. Na verdade, a proposta é manter canais de diálogo abertos entre eles, pois todos são responsáveis pelo Sprint.

7. Promova a cultura de feedback

Para tirar o máximo de proveito dos benefícios do Scrum, encare o feedback como uma ferramenta valiosa.

Sendo assim, crie o hábito de dar feedbacks aos colaboradores, levando em conta tanto os pontos fortes quanto outros que podem ser melhorados.

E não deixa de estimulá-los a compartilhar opiniões em relação ao projeto, uso da metodologia, processos, etc. Dessa forma, é possível promover melhorias contínuas.

Por se tratar de um método democrático, o Scrum se tornou uma das mais populares metodologias ágeis e passou a ser usada por diversas empresas. Ao adotá-lo em seus projetos, é possível promover uma sequência de boas práticas fundamentais para obter resultados cada vez melhores.

Quer conhecer outra ferramenta valiosa? Veja como a planilha de gerenciamento de projetos pode ajudar você a fazer a gestão de diversos projetos ao mesmo tempo!

Planilha de Gerenciamento de Projetos em Excel

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    RECEBA NOVIDADES NO SEU EMAIL

    Fique por dentro do melhor conteúdo escrito por consultores para consultores, focado em dicas práticas para te ajudar. Cadastre-se abaixo: